Arquivo da categoria: tendência

O outono em Milão – por Ale Boratto

O outono chegou em Milão, a temperatura está super agradável, entre 20 e 25°C, mas daqui umas duas semanas ela vai cair para 15°C e 18°C….e no final de novembro a temperatura cai  mais ainda e se  mantém por volta de 4°C a 10°C durante 2 meses e meio. Então nem preciso dizer que usamos muiiitos casacos! E tem para todos os gostos, diversos comprimentos, cores, estilos e um mais lindo que o outro!casacos

A Moncler é conhecida pelos seus casacos de pena de ganso, aqueles casacos acolchoados, de nylon por fora, sabem? Aqui no inverno chega uma hora que só esse tipo de casaco esquenta, e tem que ser de pena de ganso mesmo!!! No ano passado eu vi uma fila enorme na porta da Moncler, a única vez que vi fila para entrar em uma loja aqui em Milão. E não era liquidação, era o início do inverno e todo mundo corre pra Moncler para comprar um casaco, e eles custam de 800 a 2.000 euros! E dependendo do modelo, podem custar até mais!! E esta loja não faz liquidação, nunca!!! Nem sobra roupa, acreditam?!sobreposicoes

Tenho visto muitas sobreposições, coletes e blazers sobre maxicardigans, batas sobre coletes, malhas pesadas sobre malhas leves e cintos marcando bem a cintura, até sobre casacos, muito cachecol, maxiblazers, um jogo de peças sobrepostas variando o comprimento delas: as mais longas por baixo das peças mais curtas…ou shorts com camisetonas, ou seja, o short não aparece, dá a impressão que a pessoa está só de camiseta ou blazer…mas cuidado…mantenha uma harmonia na hora de fazer a sua sobreposição!!!ombreirasGente, como a moda é cìclica! Tudo que foi moda um dia volta, mesmo que volte com cara nova, repaginado, modernizado, neo etc, enfim, sempre acaba voltando ….Vocês se lembram das ombreiras? E dos sutiãs ombreiras? Eu, pessoalmente, detesto as ombreiras e quando vejo fotos minhas antigas usando camisetas com ombreiras, ai ai ai…dá vontade de morrer!! rsrsrs Enfim, Dolce&Gabbana estão apostando nos ombros e digamos que a dupla juntou as ombreiras com a manga princesa…e as mega plataformas anabela! Vamos ver o que vai pegar! Deem suas opiniões!

falsificacaoAproveitando a semana de moda , os italianos fizeram um protesto contra a falsificação…foram colocados na Piazza San Babila manequins como se tivessem com os braços quebrados, nariz machucado, pescoço com torcicolo, enfim, como se a pessoa estivesse toda machucada e nos curativos e gessos a frase “La Contraffazione Fa Male al Made in Italy”, que significa: a falsificaçao faz mal ao made in Italy. Eu concordo totalmente, sou 100% contra produtos falsificados, se não tem dinheiro para comprar o original, não compre, compre de outra marca, ainda mais que hoje em dia tem tantas opções de marcas mais econômicas e com coisas tão legais, às vezes até mais legais que as super marcas! Sem dizer que o falsificado é mal feito, porque dá pra ver que é falso, jamais será igual ao verdadeiro…e que comprando o falsificado, o que parece ser um ato simples e sem muitas consequências, você está ajudando e colaborando com o crime organizado e com a exploração da mão de obra escrava…sim, porque  na China uma costureira trabalha o dia inteiro em troca de um prato de comida e dorme debaixo da máquina de costura! Isso não pode continuar deste jeito! Hoje em dia tem até site que vende bolsas e carteiras de todas as marcas que vocês podem imaginar, tudo falsificado….como pode?! Vamos pensar!

Bacione,

Ale

Rebeldia com paetê

Um dos estilos mais em voga ultimamente é com certeza o Rock Chic (ou glam rock e outras definições). Com uma mistura bem hi-lo que dá super certo, o rock chic consegue com que paetês, bordados, salto alto e make bem feito dividam espaço com jeans rasgados, detonados, tachas, colares pesados e couro, além da atitude rebelde sem causa. É um estilo que passa uma imagem forte e que veio mesmo pra ficar.

rock chic

Mas a ideia de fazer esse post veio depois de assistir a um clip da música Untouched da banda australiana The Veronicas, de Jessica e Lisa Origliasso. As irmãs gêmeas (idênticas) usam e abusam desse estilo no palco e fora dele.

veronicasNão tá sabendo quem são essas meninas? Então aperta o play pra ouvir uma de suas músicas mais conhecidas e repare nas roupas que elas usam!

E como incorporar o estilo rock chic no dia-a-dia? Por isso, um editorial com ideias – mais possíveis – pra nos inspirar!

rock chic editorialrock chic editorial2

O estilo rock chic tem seu exagero mas como são misturadas peças mais sofisticadas com outras bem informais, a combinação se equilibra. E pra quem se interessou em adotar esse visual, veja o que não pode faltar:

rock chic2

Eu estou super animada pra tentar trazer um pouco dessa rebeldia com paetê pro meu estilo. O rock nunca foi tão glamouroso!

Verão bipolar

Com a moda cada vez mais democrática em todos os sentidos (em preço, em informação – muito mais acessível – e  com roupas para todos os gostos), chegamos ao verão 2010 com estilos e tendências bem bipolares: opostos que fazem com que a gente tenha opções beeeem diferentes pra estar na moda no verão. Selecionei algumas e descubram de que lado vocês preferem ficar na estação!verao bipolar

verao bipolar2

verao bipolar3Há ainda outros “combates”: estampa geométrica X floral X animal (dá-lhe oncinha!), nos acessórios, colares de bolas X correntes, o nudeXflúor continua também na parte de beleza (batom e unhas), curtoXcomprido…e por aí vai. Se antes já era difícil de decidir o que usar, agora então…boa sorte!

Meu favorito…

Dentre as milhões de fotos de desfiles que estava vendo no style.com da semana de moda de Nova York (desabafo: preguiça de acompanhar a semana de moda de Nova York pela internet! Porque são muitos, muitos desfiles…), o que mais gostei até agora, com roupas bonitas, leves, bem usáveis, foi da Mulberry.

mulberry

Emma Hill, estilista da marca, disse que sempre tem muitas referências pra se inspirar, e pra esse desfile uma delas foi a do filme Virgens Suicidas (já assistiram?) de Sofia Coppola, que conta a história de 4 irmãs que têm uma aparência super delicada, mas que insatisfeitas com a vida, decidem se matar. Até estranho uma referência dessas fazer parte de um desfile tão bonito, com cores lindíssimas, um tanto lúdico. Mas a delicadeza dos tons pastel, a maquiagem e o ar blasé das modelos, com certeza fazem parte da inspiração que o filme trouxe. As jaquetinhas, remodelas pela estilista, são ora em cores suaves, ora em cores bem fortes e prometem virar o hit da coleção. Como o style.com mesmo escreveu: “é o tipo de coisa que você vai querer usar todo dia.”  É ver para querer.

Fashion&the city – de Milão por Ale Boratto

O inverno ainda não chegou mas as vitrines já estão cheia de novidades!!! A cor do inverno é cinza mescla!!! E o xadrez, principalmente o vermelho, aquele tradicional escocês, continua firme e forte. Esta saia da foto é da vitrine da Patrizia Pepe, uma estilista italiana, de Firenze, as coisas dela são muito legais…eu adoro!!! Tem xadrez também na Vivienne Westwood, reparem na foto!!! E como o inverno aqui é bem rigoroso mesmo, nos usamos muito chapéu tanto no verão (devido ao sol) como no inverno (devido ao frio) e a Borsalino, para quem não sabe, é uma loja especializada em chapéus, são lindos e custam bastante!!rsrsrsrs…

vitrines milao

A Chanel está com a vitrine inteirinha preta mas como sempre um luxo!!! Vai usar muito jeans, é a volta da jaqueta e da camisa jeans, principalmente em tons claros,…mas isto não significa que não vamos usar as outras tonalidades, aliás, o jeans é sempre jeans….Este sapatinho cor de rosa é da I Pinco Pallino, uma marca italiana infantil que é simplesmente um luxo e eu sempre enlouqueço quando passo lá na frente…ai não pude deixar de incluir este sapatinho neste post!! Não é lindo?? Ainda mais que a minha especialidade é o mercado infantil!!!

Bom feriado para vocês aí no Brasil e arrivederci!!!!

Bacio,

Ale Boratto

A revolução Balmain

balmain

Pense nas peças mais desejadas ultimamente: os acid jeans, os vestidos curtos de mangas compridas,  as jaquetas estruturadas, as ombreiras, as sandálias com tachas e brilho, muito brilho. Tudo isso veio no espaço de 2 coleções apenas. Tudo isso veio da Balmain, a grife mais hype (e copiada e usada) do momento. Christophe Decarnin, o francês à frente da grife desde 2006, com certeza se tornou o rei do estilo rock-chic. E fez o mundo querer ser um pouco rebelde também. Com classe, é claro.

balmain2

Depois do estouro da coleção de verão 2009, a de inverno trouxe poucas mudanças: o estilo é basicamente o mesmo. Com cores mais escuras e sem jeans na passarela, o que veio de diferente foram botas ao invés de sandálias e muitos laços. Mesmo sendo um pouco repetitiva, agradou, e muito. Seus vestidos estão aparecendo nos editoriais das principais revistas de moda do mundo inteiro.

balmain3

Mas ter um item da Balmain custa caro, muito caro. Os sapatos não saem por menos de US$ 1.000. As  jaquetas, entre US$ 3 e, pasmem, US$ 13 mil. Por isso não faltam lojas e marcas se inspirando nas tendências lançadas pela Balmain. A Asos, uma das lojas mais bacanas da internet, tem várias peças no mesmo estilo. Até a grife de Sienna Miller, Twenty8twelve, fez peças beeem parecidas.

balmain4Decarnin trouxe, sem dúvida, os anos 80 como ninguém nunca viu. Nem os próprios anos 80. Suas roupas tem um quê de alta-costura (talvez seja o fato dele ser francês), deixando qualquer jeans rasgado ou ombreiras com um ar muito mais chique. Sua coleção é um tanto comercial, dá pra usar qualquer look do desfile sem fazer praticamente nenhuma mudança. Conquistou as celebridades jovens, principalmente da música, que andam por aí produzidas dos pés à cabeça de Balmain. Enfim, deu um sopro de mudança, de atitude, de modernidade não só à marca, mas à moda também.

Pra usar muito quando o calor chegar…

Com alguns dias mais quentes depois de um inverno fechado, com chuvas e frio, já começo a pensar o que vestir pra ficar bem no calor que está chegando. E encontrei no blog  da Mireia, My Daily Style, duas combinações ótimas, fresquinhas e estilosas (aliás, como ela é talentosa pra se vestir! Nunca está over ou light e sim, sempre na medida certa).

look verao

O cardigan levinho é perfeito para o verão e como é mais comprido, fica bem na altura da saia, do vestido ou do short, o que deixa mais bonito. As sandálias mais pesadas contrastam e equilibram com a leveza das outras peças. Cores neutras, estampas discretas, tudo está tão bem mixado que não é preciso adicionar ou tirar nada, até parece que a roupa escolheu ela e não ela a roupa. Não vejo a hora de tentar também. Team Mireia!